terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Especial: Jovens Escritores - Você ainda ouvirá falar deles*

Desafios e prazeres de se lançar um livro antes dos 21


Um dos ditados populares mais famosos do mundo diz que antes morrer todo ser humano precisa “plantar uma árvore, fazer um filho e escrever um livro”. Já que a ordem dos fatores não altera o produto final, fui conhecer três jovens que resolveram começar pela parte do livro e acabaram de lançar sua primeira obra. Eles me falaram sobre a paixão pela leitura e pela escrita, o desafio de ingressar tão jovem na carreira de escritor e é claro sobre a história de seus livros.
Pedro Guerra tem 21 anos, é gaúcho de Caxias do Sul e matou a Rainha da festa da uva. Daniele Nhasser tem 21, é do interior de São Paulo e tentou fazer Mariana voltar a acreditar no amor. A paulistana Larissa Sposito tem apenas 17 e nos convida a conhecer o fantástico mundo de criaturas sobrenaturais. Está confuso? Explicarei uma história por vez.





















Custos
Existem algumas maneiras de realizar o sonho de publicar um livro. Os métodos mais tradicionais são: através de uma editora (para isso ela precisa gostar do livro e financiá-lo) ou pagando todo o processo com investimento próprio (o que é bastante caro). Larissa conseguiu publicar seu livro através da editora Martins Fontes “eles acreditaram no meu potencial e apostaram em mim no sentido de uma parceria, ou seja, eles bancariam os custos do livro e em troca eu traria uma visibilidade maior pra editora.
Daniele, por outro lado, não conseguiu o apoio de nenhuma editora e teve de arcar com os custos de seu sonho “juntei dinheiro por aproximadamente dois anos e com a economia resolvi bancar a publicação de meu primeiro livro”.
No entanto existem outras ferramentas menos conhecidas para quem sonha em ter seu livro publicado, como por exemplo, os sites de crowdfunding (financiamento coletivo). Neste modelo, a pessoa inscreve o projeto no site, diz quanto precisa para realiza-lo e pede doações aos usuários. Caso a meta seja batida, o dono do projeto compromete-se a dar um presente a cada um dos que o ajudaram. Tal presente é previamente combinado, quanto melhor o presente mais chances de o projeto captar o dinheiro necessário. O maior site de financiamento coletivo ativo no Brasil é o Catarse. Uma quarta maneira de conseguir recursos para a publicação do livro é através de ações de incentivo municipais, geralmente promovidas pelas secretarias de cultura regionais. Foi assim que Pedro conseguiu realizar seu sonho: “Inscrevi meu projeto no Financiarte, que é um fundo de cultura da prefeitura de Caxias do Sul. Tive que fazer um projeto bem burocrático, com orçamentos, fornecedores e justificativas do porquê merecer. Foram mais de 80 páginas de projeto protocolado que também contou com meus documentos e portfólio. Eles o aceitaram , fui contemplado com uma verba X e a partir disso pude publicar o meu livro.

Desafios
Apesar dos perfis completamente diferentes de Pedro, Daniele e Larissa, numa coisa eles concordam: é muito difícil viver da literatura, principalmente no Brasil. “O mercado editorial brasileiro não é fácil, muitas vezes o jovem autor tem que pagar o valor de um ‘carro’ pra conseguir publicar um livro e corre o risco de ficar com aquela quota enorme de livros inúteis em casa por não ter público que os compre”, desabafa Larissa. Daniele acrescenta mais um fator: “tem a questão de que muitos têm o preconceito com livros nacionais por acreditar que livros de fora são melhores, o que dificulta as coisas”.
Mesmo com esses desafios eles não dão sinal de desânimo. Se vale a pena? Pedro responde: “Sim, este é o meu sonho! Qualquer sonho vale a pena. Estou me esforçando para dar uma nova cara a literatura”.
E é essa a nova geração de jovens escritores brasileiros, a geração dos que lutam diariamente para ver sua ideia acontecer, para ver suas histórias atravessarem o país através de um bloco de papel impresso e conquistem as pessoas.



*Reportagem originalmente escrita para a Revista Riviera, edição de Dezembro/2013

2 comentários:

  1. Foi um prazer participar desse trabalho.

    Obrigada pelo convite! Muito sucesso em sua vida!
    Beijos. Boas Festas!


    Daniele Nhasser - autora de Amor,és real e Avisada em Sonho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dan muito obrigado pela participação e pela disponibilidade com que sempre me atendeu. Desejo a você a sua carreira todo o sucesso do mundo! Beijão!

      Excluir