domingo, 12 de maio de 2013

Poema: Eu te amo como amo o outono (parte I)

As duas da manhã  acordei assustado
Te procurei mas não te vi ao meu lado
Pra me fazer dormir, pra me fazer sonhar...
Então chorei.

As oito da manhã  tomei meu café doce e amargo
Do jeito que você costumava fazer
Fui invadido por lembranças ingratas do que fui e não consigo mais ser...
E assim fiquei.

As duas da tarde  passei em frente ao banco que costumávamos sentar
O mesmo que naquele dia você jurou me amar
E hoje está vazio...
Lá sentei.

As oito da noite  senti o frio chegar
A solidão me abraçar
E preencher meu vazio...
Eu orei.

Eu te amo como amo o outono
Como amo o alaranjado do céu
Como amo a natureza coberta por um véu
Como amo sol e frio andando juntos de mãos dadas.

Eu te amo como amo o outono
Te amo como amo calor humano 
Amo como amo ver as folhas das árvores caindo no chão
Te amo assim como os outros amam o verão

Eu te amo como amo o outono
Como amo todo o mistério por trás da espera
Mesmo sabendo que jamais chegaremos à primavera
Vou te esperar.

As duas da manhã  finalmente me deitei
E ao seu lado da cama travesseiros coloquei
E seu nome e apelido a todos eles eu dei...
E adormeci.

Eu te amo como amo o outono
Como amo todos os meus versos, hora profundos, hora dispersos
Eu te amo como amo o outono
Mas já não sei mais se quero amar.

O inverno chegou. o silêncio impera.
O inverno chegou, as flores murcharam
O inverno chegou
E chegou pra ficar.

E chorei
E sentei
E fiquei
E orei.

E vou continuar a esperar.


5 comentários:

  1. Olá! Gostaria de lhe apresentar dois afiliados no qual eu participo, estou começando a ganhar dinheiro com o meu blog, pouco, mas o pouco com o tempo pode se tornar maior, dá uma olhada, monetiza o seu blog, você só tem a ganhar.
    Links:
    http://ads.egrana.com.br/indica/5537

    http://spider.ad/site/sign_partners/affiliate/5979

    ResponderExcluir
  2. Dê o poema para um amigo música que ele o transformará numa canção!

    ResponderExcluir
  3. Muito lindoooo!
    você tem muito talento é tão dificil encontrar poetas hoje em dia, quem dirá leitores, também escrevo dá uma passado no meu blog? Ficaria muito grata!

    http://paragrafosdoces.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Rafaelle. É claro que visito sim, e seguirei também! Me visite sempre que deseja, é sempre bem vinda. Beijo.

      Excluir